• A Gemalto agora faz parte do Grupo Thales, descubra mais aqui.

Protegendo o seu veículo de todas as ameaças


V2X – a Key factor to the success of autonomous cars

Os carros estão cada vez mais conectados e a direção autônoma está se tornando uma realidade no mundo todo. De acordo com a Gartner, teremos 250 milhões de carros conectados em vias públicas até 2020. Neste mesmo ano, os primeiros carros autônomos devem chegar ao mercado.

Por conta disso, a preocupação com o compartilhamento de informações e segurança dos dados é uma constante para os fabricantes de automóveis, que enfrentam diariamente o desafio de como podem confiar nas informações recebidas por cada veículo. Nesta perspectiva, a comunicação V2X será um fator-chave para o sucesso dos carros autônomos. 

O que é V2X?

V2X, ou "Veículo para Tudo" (Vehicle-to-Everything, em sua denominação em inglês), refere-se à transmissão de informações de um veículo para qualquer entidade que possa afetar o veículo e vice-versa. A comunicação V2X permite:

  • V2I ou “Veículo para Infraestrutura” que é a troca de dados entre um carro e um equipamento instalado ao longo das estradas, como semáforos, radares, câmeras de trânsito, etc. A comunicação V2I pode ser normalmente usada para transmitir condições de tráfego e informações de emergência para os motoristas.

  • V2V ou “Veículo para Veículo” refere-se à transferência de dados entre veículos. Em comparação com o que os sensores podem fornecer ao veículo, as informações transmitidas via tecnologia V2V podem vir de veículos poucos metros à frente ou até mesmo de veículos escondidos atrás de caminhões ou edifícios.

Comunicação padronizada V2X

A indústria automotiva trabalhou com órgãos reguladores para padronizar a comunicação V2X. O objetivo era garantir a interoperabilidade entre as marcas de veículos e a infraestrutura rodoviária, de modo que as mensagens padronizadas pudessem ser gerenciadas por todas as partes interessadas.

Na maioria dos países, os governos consideram que a comunicação V2X é uma tecnologia essencial para reduzir as mortes nas estradas.  Eles estão pressionando o setor a reduzir o cronograma de implantação da tecnologia. Para os fabricantes de automóveis, a V2X e, mais especificamente, a comunicação V2V, é um marco na trajetória em direção a carros totalmente autônomos.

Além do desafio de escolher o melhor portador de comunicação (DSRC, C-V2X ou híbrido), que mantém a indústria e a comunidade móvel muito ativas, a segurança da comunicação V2X também é um tópico importante. Os reguladores destacaram a necessidade de proteger as mensagens contra o uso fraudulento ou enganoso. Eles também solicitam que a privacidade do usuário seja garantida e preservada para que a jornada dos motoristas não possa ser facilmente rastreada ou reconstruída ao ouvir e compilar todas as mensagens que um carro enviou e recebeu em um período de tempo.

Aproveitamento da infraestrutura de PKI para proteger a comunicação V2X

O princípio da segurança da comunicação V2X é baseado em mensagens assinadas usando certificados de chave pública. Na Europa e nos EUA, o ETSI ITS e o IEEE têm as duas arquiteturas PKI definidas para proteger todas as comunicações V2V e V2I. Para fins de proteção da privacidade, os certificados têm um período de validade bastante limitado e precisam ser alterados regularmente.

Public Key Infrastructure to secure V2X

V2X standards

Otimize a emissão e gerenciamento de certificados

Como as montadoras de automóveis estão trabalhando para preparar seus veículos para cumprir os padrões V2X, elas estão trabalhando em novas ECUs (Unidades de Controle Eletrônico) que gerenciam todo o fluxo de comunicação, bem como na busca de certificados necessários para assinar mensagens que eles transmitem.

As OEMs (fabricantes de equipamentos originais) concentram-se na criação da comunicação V2X ECU, o sistema de back-end necessário para executar a infraestrutura de PKI e gerar certificados para seus carros. Eles possuem dois grandes desafios:

  • Primeiro, a estrutura de certificados definida pelo ETSI-ITS e pelo IEEE é muito específica para o caso de uso V2X e requer um novo desenvolvimento completo. A maioria dos bricks de PKI existentes não pode ser reutilizada.

  • Em segundo lugar, devido à alta frequência de renovações de certificados para cada veículo, a quantidade e a disponibilidade da geração de certificados se tornam uma forte restrição ao construir o serviço. Com o crescente número de veículos prontos para V2X chegando às estradas, o número de pedidos de busca de certificados para a loja crescerá exponencialmente.

Beneficie-se dos serviços em nuvem V2X da Gemalto   

Com mais de 15 projetos de PKI implantados e ativos, a Gemalto possui uma sólida experiência no fornecimento de infraestruturas de PKI para seus clientes. A Gemalto também possui uma ampla especialização no desenvolvimento de serviços seguros e na operação de sistemas de larga escala que atendem a centenas de milhões de usuários.

Graças a essa posição única, a Gemalto está desenvolvendo serviços de certificado V2X, que combinam tecnologias de ponta para uma excelente escalabilidade, conhecimento avançado em criptografia e seus exclusivos produtos HSM.

Como os padrões V2X acabaram de ser lançados e o ecossistema V2X ainda é muito novo, a Gemalto está trabalhando rapidamente para estar o mais próximo possível dos requisitos das OEMs e ser capaz de se adaptar e entregar serviços inovadores conforme necessário. 

 Document

  • Connected Cars Survey results

    The connected car is on its way

    But what do consumers think about the new mobility era? We asked over 7,000 people from the UK, France, Germany and the USA to find out...

    Download the infographic