• A Gemalto agora faz parte do Grupo Thales, descubra mais aqui.

Passaportes Biométricos para Cidadãos Colombianos


​​​​​​​​​​​​​​​​Os cidadãos colombianos estão recebendo novos passaportes biométricos desde setembro de 2015.​

O novo passaporte eletrônico (pasaporte electrónico) integra as tecnologias seguras de um ePassport​, criando um documento totalmente seguro. A Gemalto está trabalhando em conjunto com a Thomas Greg & Sons, uma empresa especialista em impressão segura, para entregar seus passaportes eletrônicos com chip integrado, apoiando a rápida implementação dos novos documentos legíveis  e,​​ assim, melhorando as experiências de viagens para 38 milhões de cidadãos da Colômbia.​

Passaportes Biométricos para Cidadãos Colombianos

Desde dezembro de 2015, os colombianos podem visitar a maior parte da Europa sem solicitar visto. O Conselho Europeu de Ministros assinou um acordo em ​outubro que permite viagens de curta duração para 26 países: Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, República Tcheca, Dinamarca, Estônia, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Hungria, Itália, Letônia, Lituânia, Luxemburgo, Malta, Países Baixos, Polônia, Portugal, Romênia, Eslováquia, Eslovênia, ​​Espanha e ​​Suécia.

Entretanto, os colombianos que visitarem o Reino Unido, a Irlanda ou a Noruega, ainda terão que requisitar visto de turista.​

A Gemalto também anunciou que está fornecendo o seu software em conformidade com a ICAO: Gemalto eTravel. O software embarcado alcança velocidades inéditas do setor, tanto para a personalização quanto para o acesso seguro aos dados.

Por que a velocidade é importante para os emissores?

A velocidade é essencial para as autoridades emissoras, já que significa uma maior capacidade de personalização e controle da qualidade. Uma leitura mais rápida dos passaportes eletrônicos e biométricos nos pontos de controle de fronteiras,​ e também é um ponto fundamental a ser considerado pelas autoridades que buscam analisar​ milhões de passageiros da forma mais rápida e eficaz possível, sem comprometer a segurança.

Ela também torna as estações de autoatendimento habilitadas para biometria,​ uma opção mais atraente para os usuários finais no futuro, reduzindo ainda mais a carga sobre o pessoal de controle de fronteiras.​​

Durabilidade​ para gerar confiança

Os novos passaportes eletrônicos com chip embarcado da Gemalto oferecem flexibilidade avançada nas operações de encadernação, bem como uma maior durabilidade e impacto visual no fechamento do livreto.

Passaportes eletrônicos com chip embarcado

 

Esses passaporte embarcados associam a durabilidade de uma película sintética à fineza do papel. Os livretos que se dobram e são completamente planos podem, portanto, ser fabricados com os mais elevados padrões de produtividade e durabilidade.

Os  ePassport embarcados da Gemalto suportam as exigências e o estresse do mundo real e, portanto, têm uma vida útil de até 10 anos. Isso é garantido pelos rigorosos requisitos de durabilidade que excedem as normas da ICAO.​​

A Gemalto testa mais ciclos e emprega maior tensão na capa do documento do que o especificado pela ICAO em seu laboratório de testes internos, assim como realiza outros testes não cobertos pela ICAO. A maior durabilidade se traduz em um menor número de devoluções do documento em campo e mais cidadãos satisfeitos, que podem desfrutar do rápido cruzamento de fronteiras permitido pelo microcontrolador funcional.​​​​