• A Gemalto agora faz parte do Grupo Thales, descubra mais aqui.

A conectividade móvel primária e seus benefícios


eSIM connectivity

O surgimento do eSIM levou todos os players do ecossistema móvel a reconsiderar toda a experiência do usuário com relação à conectividade, especialmente na sua ativação e fornecimento de 
ativação e provisioning de assinaturas móveis.

Em resumo, a questão é:

Como fornecer, remotamente, conectividade móvel para dispositivos eSIM desde o seu primeiro uso (já que eles chegam desconectados por padrão), e, ao mesmo tempo, manter ou até mesmo melhorar a experiência do usuário como a que os assinantes estavam acostumados com os SIMcards tradicionais?

Até o momento, os dispositivos equipados com eSIM tiveram que contar com alguma forma de conectividade primária (por exemplo, Wi-Fi, conexão de smartphone via Bluetooth, inicialização bootstrap, etc.) antes de ativar uma assinatura móvel completa. 

Isso fazia com que todos os participantes estivessem envolvidos (usuários finais, operadoras móveis, fabricantes de equipamentos originais, etc.) em uma sensação de incapacidade e limitação técnica em termos de experiência do usuário.

A solução Gemalto Instant Connect conta com um revolucionário mecanismo de conectividade móvel que permite que as fabricantes de equipamentos originais e operadoras móveis forneçam, remotamente, uma assinatura móvel para qualquer dispositivo desconectado e habilitado com eSIM desde o seu primeiro acesso.

Conectividade inicial para dispositivos: os desafios para as fabricantes de equipamentos originais, operadoras móveis e usuários finais

Os métodos atuais de conectividade inicial para a ativação da assinatura do eSIM deixam todas as partes envolvidas (usuários finais, operadoras, fabricantes de equipamentos originais, etc.) com um gosto amargo na boca em termos de experiência do usuário:

1. Desafios para as Fabricantes de Equipamentos Originais (OEMs):

Quando as OEMs de dispositivos de consumo querem impulsionar a experiência do usuário móvel nos seus dispositivos, elas precisam contar com Wi-Fi, compartilhamento de rede ou pré-fornecer dispositivos com uma assinatura de conectividade desde do processo de fabricação, antes da ativação total de uma assinatura móvel. Assim, isso acarreta restrições aos usuários finais ou aumento da complexidade e dos custos de fabricação e logística.

2. Desafios para as operadoras móveis:

Quando as operadoras querem vender dispositivos com sua própria assinatura móvel, elas precisam confiar no processo de conectividade inicial com a Internet (por exemplo, Wi-Fi ou compartilhamento de rede via Bluetooth) para permitir que o dispositivo móvel se conecte ao back-end e recupere a assinatura móvel baseada no eSIM da operadora. Portanto, isso prolonga o processo de ativação da assinatura e altera a experiência geral do usuário.

Alternativamente, elas podem contar com um perfil pré-provisionado no dispositivo da OEM. Porém, isso resulta em prazos de entrega mais longos e maior complexidade logística, além dos custos desnecessários dos dispositivos com baixa taxa de ativação.

3. Desafio para Usuários Finais:

Quando os usuários finais querem ativar sua assinatura móvel a partir de um novo dispositivo eSIM, eles devem, primeiramente, ter uma conectividade com a Internet que não seja a do celular (WiFi ou Bluetooth) para recuperar sua assinatura móvel já registrada. É um procedimento demorado, possivelmente cobrado e passível de falhas, proporcionando uma experiência para o usuário ruim e penosa.

Uma nova era na conectividade móvel para dispositivos eSIM

A solução Gemalto Instant Connect permite que as OEMs e as operadoras móveis forneçam, de forma remota e automática, conectividade móvel inicial para dispositivos habilitados com eSIM verdadeiramente off-lines a partir do seu processo de inicialização, onde quer que esteja, ao mesmo tempo em que simplifica significativamente a cadeia de suprimento da OEM e otimiza a experiência do usuário.

Os dispositivos IoT projetados para uso a partir de um eSIM já podem se conectar a uma rede móvel, mesmo que não tenham sido pré-provisionados com uma assinatura móvel durante o processo de fabricação, sem a necessidade de qualquer tipo de conexão inicial.

Essa solução revolucionária conta com uma tecnologia disruptiva que aproveita a rede de sinalização para recuperar uma primeira assinatura móvel inicial que concederá conectividade móvel para baixar ainda as assinaturas móveis operacionais. 

Ao mesmo tempo, ela é totalmente compatível com as especificações de Provisionamento Remoto de SIM da GSMA e soluções tais como gerenciamento de SIM e Subscription Management Discovery Service.

A conexão de um dispositivo eSIM à rede se torna simples

1. Benefícios para OEMs: 

As Fabricantes de Equipamentos Originais (OEMs) agora já podem facilmente fornecer conectividade móvel a novos dispositivos no seu processo de inicialização, ao mesmo tempo em que evitam o pré-carregamento bootstrap da assinatura de conectividade móvel durante o processo de fabricação.

Isso simplifica drasticamente as cadeias de suprimentos, reduz o tempo de produção, melhora os prazos de comercialização e economiza custos.

As OEMs podem disponibilizar a conectividade móvel incorporada a qualquer dispositivo, de forma fácil e rápida, proporcionando aos seus usuários finais uma experiência de usuário descomplicada para acessar a Internet onde quer que estejam.

2. Benefícios para as operadoras:

As operadoras móveis podem controlar totalmente a entrega do seu plano de dados de conectividade aos usuários de dispositivos habilitados com eSIM, aumentando a fidelidade/adesão dos clientes. Isso simplifica bastante a ativação de assinaturas móveis nos dispositivos de seus usuários compatíveis com eSIM.

Além disso, facilita a difusão da tecnologia móvel em dispositivos não conectados já existentes (smartwatches, pulseiras, PCs, etc.) e novas categorias de dispositivos (rastreadores de animais de estimação, máquinas de café, etc.), aumentando, portanto, o número de conexões móveis por usuário.

A solução apresenta uma nova maneira das operadoras ativarem a conectividade eSIM sem WiFi/Bluetooth e sem atribuir os recursos de rede antecipadamente. Esses recursos são atribuídos apenas quando são realmente necessários. Isso impede que as operadoras pré-carreguem os perfis em dispositivos com baixas taxas de ativação.

3. Benefícios para Usuários Finais:

Os usuários finais não precisam perder tempo ao ativar sua assinatura eSIM em seus novos dispositivos inovadores.

Esta solução simplifica significativamente a ativação da assinatura do eSIM:

  • Evita a procura por sinal de Wi-Fi e instala a configuração da conexão nas configurações do dispositivo antes de ativar uma assinatura móvel.
  • Economiza tempo e trabalho ao evitar ter que usar uma conexão compartilhada de smartphone.

 DOSSIÊ

  • 3 maneiras de ativar dispositivos IoT eSIM desenvolvidos para consumidores

    4 maneiras de ativar dispositivos da IoT do consumidor habilitados para eSIM

    i. QR code / ii. Por padrão SM-DP+ endereço / iii. Serviço Root Discovery Service / iv. Conectividade Inicial.

    Ler mais


 TREINAMENTO

  • Treinamento

    Treinamento em eSIM de consumo e básico da IoT

    Conheça os principais fatores ao implantar as soluções de eSIM e Gerenciamento Remoto de Assinaturas.

    Agenda de Treinamento